sábado, 25 de agosto de 2012

O DIA EM QUE ELA DEU PRO MEU IRMÃO.


Não sei se todos aqui conhecem a expressão "fura olho", bom, a pessoa que é prejudicada pode se dizer que é um "pré corno", e o fura olho é um "pré macho comedor" em meu ver. Eu estreei meu lado "macho comedor" assim (um lado que parou por aí mesmo kk) "furando o olho" e do meu próprio irmão.




Conheci minha atual namorada no colégio dele, ambos estudavam na mesma sala e no mesmo terceiro ano do colegial. Enquanto eu mais velho com os cursinhos pré vestibulares da vida.




A primeira vez que a vi eu sabia que era amor a primeira vista. Linda, fofa. Mas como toda menina de "mente livre", sempre aprontava nas melhores oportunidades com seu irresistível lado de menina sapeca.




Todos da sala queriam pega-la, namorar ela, come-la . . . entre esses caras, estava meu irmão. Mas ele simplesmente se apaixonou por ela de verdade, o problema é que ela queria a mim.

Eu sabia que tinha furado o olho dele, já estávamos no 6° mês de namoro, e já tínhamos entrado num relacionamento livre, mas somente com a ideia de "swing" nas festas. Cheguei a conversar com ela um belo dia se ela topava dar pra ele, queria fazer isso de agrado e me "redimir" com a furação de olho, e ela aceitou. Combinamos em que isso iria acontecer nas nossas férias na praia em Maresias.

O dia tinha chego, o "migué" de que ficaríamos na casa pra descansar enquanto nossos pais e tios iam a praia tinha dado certo. Mandei ela desfilar pela casa só de calcinha e ir pra cozinha onde meu irmão estava e eu fingi ir tomar banho, liguei o chuveiro, fechei a porta, mas na verdade fiquei no corredor entre a sala e a cozinha escutando toda a conversa (vou TENTAR lembrar aqui agora tudo o que os dois falaram no dia mas de uma maneira gostosa e INTERPRETATIVA para que todos se deliciem)


ELA - "Oi . . . não vai na praia ? "


IRMÃO - "Não, não to afim, to cansado, e tá chato aqui"

ELA - "Pois é . . .,  . . . eu posso anima aqui . . ."

Meu irmão olho meio estranho e disse
IRMÃO - "Tá doida menina ? . . . "

ELA - "Eu ? não, você é que tá doido, vem logo e me pega vai, aproveita que seu irmão ta tomando banho, vai logo, tem camisinha na carteira dele"

IRMÃO - "Para de graça menina, tá me assustando, você é namorada dele, ele te ama"

ELA - "Para de graça você moleque, eu sei que você quer me pega faz tempo e tá doido pra me come, duvido que você não bata todo dia pensando em mim"

IRMÃO - "PARA, CHEGA ! você tá loca"

ELA - "Já que é assim, então tá, você nunca vai me ter meu filho"

Os dois ficaram um tempo quietos na cozinha, até que meu irmão não resistiu e foi pra cima dela devagar



ELA - " Sabia que você não ia aguenta . . ."

IRMÃO - "Então cumpre oque você prometeu agora, dá pra mim, uma rapidinha, antes que o meu irmão saia do banho"


ELA - "Pensei que você não queria mesmo, ... vamo logo pro quarto"


IRMÃO - "Tá bom, cadê as camisinhas dele ?"



ELA - "Na verdade ele não trouxe, to tomando pilula"



IRMÃO - "Não sei não hein . . . "



ELA - "Fica tranquilo, vai ser rápido . . . e gostoso"



Os dois vão rapidamente até o quarto, e eu me escondo. Ela conduz meu irmão segurando o pinto dele. 






Ela se deita já sem nada, ele com o pau estalando, sem perder tempo

IRMÃO - "Olha , tenho medo de acontecer alguma merda, isso de sem camisinha"

ELA - "Vamos fazer o seguinte . . . você . . .só "raspa" seu pinto em mim, ok ? agora pelo amor de deus, vamo logo, se não seu irmão vai saí do banho"

Eu já estava perto do quarto faz tempo, escutando tudo, e lá iam os dois, com meu irmão apenas "raspando na portinha" da minha namorada


IRMÃO - " Eu sabia que você era biscatinha, mas não ao ponto de bota chifre no meu irmão assim"

ELA - "E eu sabia que você era idiota, só não sabia que você tinha uma pau groso e grande desse jeito, se fosse assim eu escolheria você a seu irmão, agora cala a boca e me come . . . ah, e larga de graça, enfia esse pinto em mim"

IRMÃO - "Você disse que eu só ia raspa em você, então fica de boa aí"

Uma hora meu irmão não resiste e acaba metendo nela por alguns segundos

ELA - "Isso, isso ! . . .uhmpf . . . afunda . . . isso . . .  afunda, afunda ! . . . aaaiieee . . .! que rola, que rola !  . . . isso ! essa é a rola de verdade que eu quero senti dentro de mim . . . aaaaiii . . . ruuummpf "

Até a hora em que ele acaba tirando

ELA - "NÃO . . . não tira cacete ! tava bom !"

IRMÃO - "Já tinha dito que não ia mete, foi só um . . . descuido"

ELA - "Descuido nada ! você não tá resistindo, mete essa pica grosa em mim logo, goza dentro e para de graça seu bosta ! "

IRMÃO - "Eu não vo goza dentro, não to afim de engravida nenhuma VADIA de namorada do meu irmão, e não me chama de bosta sua cadela filha da mãe !"

ELA - "Então goza logo e vamo para com isso, antes que ele saia do banho, acho que já deu o que tinha que da "

IRMÃO - "Vira de costas ! vira de costas agora rápido !"

Minha namorada fica de quatro na cama, enquanto meu irmão enfia seu pinto entre a bunda dela e goza


ELA - " É isso ? e ainda por cima me suja de porra minhas costas. Esperava mais de você, por isso que eu nem perdi meu tempo contigo na escola"

Meu irmão fica bravo, e sai do quarto sem dizer nada. Estava mais que óbvio que tudo isso foi um tremendo fiasco. Me reúno com ela mais tarde, e digo que ela não pode desistir, deixo acessa a ideia de que a noite quando todos estiverem dormindo, a coisa iria rolar novamente.

A noite chega, todos dormindo em colchoes amontoados no chão da sala, só eu, ele e meu irmão, e lá ia minha namoradinha botar o plano em prática. Chega no meu irmão de camisolinha e diz . . .

ELA - "Ultima chance pra você mostra que é macho de verdade, topa ?"

IRMÃO - "Você não desiste mesmo né ? você é retardada ? meu irmão tá dormindo a 2 metros da gente"
ELA - " (risos) meu filho, posso mandar uma real pra você ? . . . seu irmão . . . é corno, e manso ainda "

IRMÃO - "Com você sendo uma vadia de namorada, corno ele é, agora manso nem pensar, meu irmão é mulherengo pra caralho, já rapo o colégio inteiro . . ."

ELA - " (risos) e daí meu querido ? ele é manso ."

IRMÃO - "Prove . . ."

ELA - " . . . uhm, vejamos, ELE quem pediu pra eu dá pra você, disse que queria se redimir por ter "furado seu olho", quer sabe mais ? mês passado, a menina que deu pros 3 amigos seus no churrasco de formatura, no quartinho dos fundos, fui eu"

IRMÃO - "Vadia . . . ainda bem que eu não namoro com você então"

ELA - "Não precisa me namorar . . . você tem meu corpo, sei que é só isso que você quer, você e todos os meninos da escola. Seu irmão corno é que me namora e me ama de verdade, o resto só quer me comer, e eu vo dá pra todos eles com consentimento do seu irmão . . . agora, por favor, cala a boca e enfia seu pau em mim logo, tomei pílula e nem tava no período fértil mesmo, goza a vontade, é só enfia esse pau em mim e . . ."

Meu irmão a interrompe e a agarra como um cachorro numa cadela no cio, tira sua camisolinha.


IRMÃO - "Shiu . . . fica quietinha então sua vadiazinha, . . .antes de bomba em você, deixa eu explora esse seu corpo perfeito . . ."

Ele começa a beijar cada parte de seu corpo, enquanto eu fingindo estar dormindo, vou acompanhando tudo batendo uma dentro do edredom, ela vira pra mim e abre um sorriso junto a um rosto de estase. Até que meu irmão para, pede pra ela continuar deitada, prepara seu pinto.

IRMÃO - Vo mete em você até fica assada e cheia de porra, fica quietinha pra não acorda todo mundo da casa, se prepara que é até o sol raia.

ELA - " ha ha, você ?  duvid . . ."

Sem avisar, bomba nela.



ELA - "uuuuhmpf . . . meu deus, meu deus . . . uuuuuuii . . . seu filho da puta !"

IRMÃO - " Não queria pinto dentro sua biscate ? aí ó "

ELA - "Meu deus, que pinto . . . isso, não tira isso de mim, se não você morre . . . uuuuhmmpf . . ."

IRMÃO - " É um absurdo, tu é uma vadia mesmo, coitado do meu irmão . . .quanta rola já não entro aqui nessa boceta"

ELA - " . . . uuhmpf . . .um monte . . . uumm, . . . e ele sabe disso . . . aaaai . . . ele . . .  gosta"

IRMÃO - "Então o swing no clubinho de final de semana da escola é fachada ?"

ELA - " Não . . .  a gente . .  uhmpf . . . começo assim, ele pega menina e tudo mais, eu tenho ciúmes,  . . . aaaaai . . . e ele gostava mesmo é de me ver dando pros caras . . .uuuuhmmpf . . . agora fica quieto e me come . . ."

Era verão, calor até pela madrugada, a janela da sala tinha o reflexo de um poste de luz da rua e essa luz refletia no corpo dos dois, que estavam suados, o colhão encharcado de porra que hora saia do pinto do meu irmão e hora que escorria de dentro dela, e que depois impregnou o cheiro no ar

E foi assim a madrugada inteira, como um touro, meu irmão fodeu minha namorada durante horas até o sol raiar . . .



IRMÃO - "Eu gostava de você de verdade . . . você é linda, eu não parava de te olhar na sala de aula . . ."

ELA - "E por que não gosta mais ? "

IRMÃO - " preciso responde pra você ? "

ELA - " . . . que bom, por que . . . mesmo você achando que eu sou  . . . uma vadia, eu amo seu irmão mais que tudo, e mais ninguém"

Meu irmão abre um sorriso,  acaricia seu rosto e a beija

IRMÃO - "Isso que eu gosto em você . . . meu irmão tem sorte "

ELA - "Não . . . sou eu que tenho sorte"



ELA - "Agora veste essa cueca e tira a fronha desse colchão rápido por que eu to pingando porra nele, e eu vo toma um banho, diz que eu saí cedo pra dá uma volta aqui na praia"

IRMÃO - " E meu irmão ? . . ."

ELA - " SE o corninho tivé dormindo . . .eu conto tudo pra ele a tarde . . .agora deixa eu toma um banho logo por que eu to fedendo e pingando porra"

IRMÃO - "hei . . . espera . . .é . . .  vai ter outra noite, ou outro dia ? . . ."

ELA - " . . .  não sei . . . apesar do nosso namoro ser liberal, eu não do pra quem eu quero, do pra quem ele fala, e . . . eu gosto assim . . .   agora, posso toma banho ? (risos)"

A tarde, brincadeiras a parte dos meus tios perguntando se alguém estava com o pulmão cheio por ouvirem respirações ofegantes pela madrugada, que lógico que eles sabiam que eram alguém transando, só não esperavam que fosse minha namorada com meu irmão.

De tudo isso que aconteceu, pra ser sincero, guardei bem tudo o que ouvi dela sobre me amar de verdade. Minha namorada ainda consegue distinguir sexo-prazer de amor.

Meus irmão continuou comendo ela quase todos os finais de semana, até irmos pra faculdade. A neura dele tinha passado, no máximo camisinha, mas era bem legal chegar em casa a tarde e encontrar os dois botando pra foder a tarde inteira,enquanto eu ficava na sala assistindo tv só escutando os gemidos dela,  mas de vez  quando eu não resistia e ia pro quarto espiar.












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário pode ser fundamental para ajudar o Blog a ficar cada dia mais agradável. Você será sempre bem-vindo de volta, e suas críticas, desde que construtivas, serão sempre consideradas com atenção! Obrigado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...