sexta-feira, 17 de agosto de 2012

ESCAPADINHAS DELA NA FESTA COM MEU MELHOR AMIGO

Hora vai hora vem, e a festa já tava começando a fica um porre.


Minha mulher recebe uma mensagem no celular, olha rapidamente e guarda o telefone na bolsa. Eu pergunto quem era e ela responde "Ah . . . nada não amor, eu . . . eu, eu marquei de arruma o cabelo sexta lá na Lurdes, e ela tava avisando horário".

Eu nem me preocupei muito, meu pensamento estava focado em sair daquele lugar ou fazer algo pra festa na casa do meu amigo melhorar, o escuro com aquelas luzes piscantes e som alto estavam me irritando. Minha mulher diz que precisa ir no banheiro e já voltava.

Uma meia hora passou, comecei a estranhar, primeira coisa que eu fiz foi ir atras dela, e no banheiro lógico.
Subi as escadas da casa do meu amigo, o banheiro era nos fundos, afastado, num corredor escuro . . . comecei a escutar algo . . . algo que eu não estava esperando . . . era minha mulher gritando, ou melhor . . . gemendo, ao som de batidas nervosas e alguém dizendo . . ." Vai sua cadela, toma rola de verdade, vo afunda tudo em você sua putinha filha da mãe . . . "

A coisa só "piorou", pois era a voz do meu . . . amigo. Dou uns passos a frente e chego a porta do banheiro discretamente . . . e a cena . . .

Eu só confirmava o que já estava escutando, minha mulher e meu melhor amigo, transando num dos banheiros da casa dele. E uma coisa que digamos, eu não imaginei que ia sentir . . . meu pau começou a aumentar a cada hora que eu fixava meus olhos naquela cena, minha mulher que eu tanto amo, dando freneticamente feito uma cadela no cio pro meu melhor amigo . . . eu não acreditava no que eu mesmo estava fazendo, eu estava batendo uma punheta pra tudo aquilo



AMIGO - " Viu como é senti uma vara de verdade cadelinha ? "

ELA - " Sim, eu não aguentava mais quele pinto sem graça do meu marido, por só os amigos dele tem pinto grande e ele não ? palhaçada isso"

(Hum, então a vadia já tinha dado pra outros amigos meus)

AMIGO - "Ah minha querida, papai do céu me abençoou, eu e a galera, menos seu maridinho coitado, é meu amigo, mas tem pinto pequeno e é corno"

ELA - "Tá agora cala a boca e mete em mim mais rápido e com mais força vai, faz o que o corno do meu marido não faz e nunca vai faze . . . AI"

AMIGO - "Ué, tu pediu pra eu mete com força sua putinha, e não manda em mim não, quem manda aqui sou eu, tu só manda naquele seu corninho, cala a boca e cavalga vai cadela"

 

Meu amigo espreme ela na parede e começa a bombar com toda força nela, e eu fico mais excitado do que nunca.

AMIGO - "Vai sua cadela AGUENTA ! tu aguenta vara de todo mundo, agora aguenta a minha tora vadia, volto a fica acostumada com o pinto pequeno do seu marido, deu nisso, não aguenta nada putinha fraca"

ELA - "eu . . . ai . . uhmpf . . . aaaaii . . .  eu aguento tudo, mete tudo e goza dentro . . . por favor . . .uhmmpff . .  aaaaiiiieee . . . por favor . . . goza !!!"

Eu não aguentava mais tudo aquilo, . . . eu queria é gozar, . . . tentei esperar até o último minuto . . . e meu amigo grita . . .

AMIGO - "isso . . . to gozando dentro . . . sua cadelinha . . . isso geme pra mim, geme !"

Aí sim, já era hora, gozei, gozei fartamente . . .


AMIGO - " Tá bom de leitinho despejado né putinha, coisa que seu corninho não faz"

ELA -" Ai que gostoso . . . ví estrela . . . e não fala assim do seu melhor amigo não, ele adora você"

AMIGO - "Eu também adoro ele, por ele te uma cadela como você de mulher pra eu pode come (risos)"

ELA - " (risos), vamo saí daqui vai, antes que o meu corninho desconfie . . . quero essa sua tora em mim outro dia mais uma vez . . .  vamo logo"

Eu rapidamente coloco meu pinto pra dentro da calça, e volto pro salão de festa, fingindo esperar minha mulher.

ELA -" Oi amor . . . demorei muito ? ai sabe o que é, é que eu encontrei a Camila chegando aqui na festa e a gente começou a papear . . .   "

 Eu escutava tudo aquilo, mas sabia que a vadiazinha da minha mulher tinha é dado pro meu melhor amigo no banheiro durante meia hora  . . . mas eu adorava tudo aquilo.

Mais tarde em casa, eu estava inquieto, queria transar com ela

ELA - "Não amor, to cansada da festa, vamo dormir vai . . ."

É lógico que ela estava cansada por ter sido uma puta na festa, eu insisto e pego na sua buceta com minha mão e sinto que está molhado, muito encharcado, ela percebe que senti e diz . . .

ELA - " Amor . . . eu, eu fiz xixi na calça, nao aguentei, ai que vergonha meu deus . . . "

EU - " Para de graça, eu sei que isso é porra . . . "

Ela acaba ficando quieta por alguns instantes e depois diz "amor, pelo amor de deus, . .eu posso explicar, por favor  !. . ."


EU - " arranca a calça agora . . . ARRANCA . . . quero ver essa calcinha !"

ELA - " Amor por favor, não, não é isso . . .!"

EU - " AGORA !"

Ela tira, e abaixa a calcinha, e o que eu já esperava .


Ela começa a ficar desesperada, eu me abaixo pra conferir, enquanto ela tremia.

EU - " Porra . . . "

ELA - " Amor. . .meu deus . . . não é isso que você tá pensando ! . . ."

EU - " Porra escorrendo aos monte, saindo de dentro de você . . . porra do meu melhor amigo, escorrendo de dentro de você . . ."

ELA - "Oque ? como assim ? . . . você . . . você me seguiu ?!!! . . .o que ? !!"

EU - " shiu . . .  quietinha amor . . ."

acaricio suas pernas, coloco meu rosto em sua barriga, respiro fundo, e levo minha cabeça abaixo, até em sua buceta com minha lingua . . . Ela um pouco confusa, mas com a voz mais serena "amor , o que você vai faze ? . . ." Enfio minha língua com gosto, sentindo aquele cheiro de porra alheia escorrendo de dentro dela e começo a lamber e a deito no sofá, ela começa a suspirar, profundamente


ELA-" Amor . . .  uhmpf . . . uhmm . . . o que você .  . . ta . . .  fazendo . .  uuuhmm . . ."

EU - "To te limpando amor, . . . to limpando essa sujeira que o meu amigo fez dentro de você . . . agora quietinha, que o seu corninho vai terminar de limpar"

ELA - " . . . uhmmm . . . isso  . . . ISSO . . . aai . . . isso meu corninho, lambe tudo, chupa toda essa porra, não deixa nenhuma gota, sente essa porra de macho de verdade dentro da sua esposinha . . .isso . . . uhmpf"

É, essa noite na verdade . . . foi boa . . . ou melhor . . . foi ÓTIMA .








10 comentários:

  1. Maravilloso!!

    VM
    http://vikingomiron.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Caralho Gentle!
    O Ulisses fez um ótimo negócio te colocando no casting!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O garoto é fera, gente... Eu fico com tesão de comedor olhando os posts dele! Na boa, ele é o unico cara que acho que consegue ser tão corno quanto eu!

      Excluir
  3. PQP! Me melei tido aqui!!
    Que tesão de conto!

    ResponderExcluir
  4. O corno fica com tesão de ver a gala do outro macho a escorrer na boceta da fêmea. Ele precisa sorver aquele líquido! Ele ama o sêmen de outro macho! Isso o faz feliz e excitado. Ele ama tudo isso! Nada mais importa para ele.

    ResponderExcluir
  5. Adoro chupar minha esposa também, é uma delícia...

    ResponderExcluir
  6. simplesmente maravilhoso.......

    ResponderExcluir
  7. Nesse carnaval ficamos no camarote contigo em Salvador,e então minha esposa saia vez em quando para transar com algum que ela conhecia dentro do camarote,foi muito legal e gostoso demais.e só escolhia negões.

    ResponderExcluir
  8. QUANDO EU ESTAVA NOIVO DA NESSINHA, O BETO UM PRETO SEM VERGONHA QUE TRABALHAVA COMIGO CAIU NAS GRAÇAS DELA, ESTAVAM JUNTOS EM TODO O LUGAR, E EU FIQUEI SABENDO ANTES DO NOSSO CASAMENTO QUE AQUELA BOQUINHA DE MENINA AMADA MAMOU MUITO LEITE QUENTE DO NEGÃO E COMO ELA AOS 17 ANINHOS ERA VIRGEM O PRETO SAFADO CONVENCEU A MINHA LOIRINHA A LHE ENTREGAR O CABACINHO DO ANEL DE NOIVA, E COMEU MUITO AQUELE CUZINHO GOSTOSO DE BRANQUINHA ATÉ O NOSSO CASAMENTO, DETALHE O BETO TINHA 23 ANOS A MAIS QUE ELA E ERA CASADO PAI DE 3 FILHOS.

    ResponderExcluir

Seu comentário pode ser fundamental para ajudar o Blog a ficar cada dia mais agradável. Você será sempre bem-vindo de volta, e suas críticas, desde que construtivas, serão sempre consideradas com atenção! Obrigado!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...